Tom Waters

Vitalidade – até a palavra é revigorante! Você tem experimentado vitalidade em sua caminhada cristã? Você a tem experimentado em sua saúde? Ou está sempre fisicamente cansado e se arrastando, com uma letargia semelhante em sua experiência cristã?
Por anos este ministério tem compartilhado um evangelho simples bem como prático. Temos focalizado no modo como o evangelho funciona em nossa vida diária no mundo cruel e acelerado em que vivemos.
Neste artigo, vou compartilhar de modo simples e pessoal como o evangelho tem influenciado decisões para melhorar a minha saúde física, e como essas decisões trouxeram mais força e vitalidade à minha experiência por completo. Há vários anos tenho praticado exercício personalizado regularmente, considerado as necessidades do meu corpo sobre o que, quando, quão rápido, e quanto eu como, juntamente com outras escolhas saudáveis que vou compartilhar. Como resultado, estou convencido que a saúde física ideal definitivamente promove a saúde espiritual ideal. Vivemos em um mundo difícil, e precisamos toda ajuda possível para encorajar a nossa cooperação total com Cristo para enfrentar as batalhas que enfrentamos diariamente.
O desejo de Deus para cada ser humano está expresso nas palavras: “Amado, acima de tudo, faço votos por tua prosperidade e saúde, assim como é próspera a tua alma.” (3 João 2).
O Senhor conhece a forte ligação entre corpo, mente e espírito.
Ele quer que nosso corpo físico prospere e seja saudável bem como o nosso espírito. Isto certamente não significa que nosso espírito não possa prosperar se temos uma doença ou paralisia que nos incapacita. Mas muitos de nós, por bastante tempo, temos permitido que negócios da vida, circunstâncias, e a velha preguiça corroam a força física e a saúde que tem um efeito correspondente no cristianismo real e prático.
Muitos homens e mulheres hoje em dia que pregam ou expõe verdades estão permitindo que seu corpo físico se deteriore. Alguns estão acima do peso e em pobre condição física enquanto tentam convencer as pessoas que possuem um evangelho transformador. Outros que se consideram reformadores de saúde são esqueléticos, pálidos e doentes, e não representam de modo atrativo os verdadeiros princípios da reforma de saúde ou atraem outros a Cristo.
Será que satisfazemos o desejo do Senhor de que prosperemos e tenhamos saúde quando estamos obesos, fora de forma, esqueléticos, empalidecidos e doentes? Amigo, isto não é um ataque pessoal. É uma realidade atual. Então, o que estamos dispostos a fazer? Estamos verdadeiramente dispostos a cooperar com Deus e reconhecer a importância da nossa saúde e aptidão física como parte do Seu propósito para nós?
Muitos anos atrás eu me encontrava acamado com uma hérnia de disco em minha espinha lombar. O médico disse que juntamente com o tratamento que estava recebendo, teria que caminhar seis quilômetros por dia para restabelecer a força e evitar uma cirurgia na coluna. Tentei explicar-lhe que não tinha tempo para caminhar seis quilômetros por dia. Ele pareceu não ser tocado por meu argumento e simplesmente me disse que encontraria tempo para caminhar seis quilômetros por dia se quisesse evitar uma cirurgia.
E eu consegui! Por quê? Porque encontrei motivação suficiente. Queria a minha saúde de volta e não queria cirurgia. Dentro de pouco tempo descobri benefícios não apenas para a minha coluna, mas voltava para casa contando à minha família sobre outros benefícios que estava experimentando. Minha mente estava ficando mais clara, minha atitude estava melhorando, estava bem mais preparado para enfrentar o dia, e me sentia revigorado e menos cansado, apesar de estar me levantando às 4:30 da manhã para realizar isso.
Minha esposa, Alane, então começou a caminhar comigo, e ela também começou a experimentar as bênçãos. Andávamos juntos cedo de manhã, desfrutando do silêncio e do ambiente calmo que raramente encontramos em outros lugares.
Após constatarmos os benefícios da caminha enérgica – quero dizer, caminhar até suar, não apenas um passeio casual – e sentirmos mais vitalidade, decidimos torná-la uma atividade consistente do nosso dia.  Ela se tornou um hábito por uns dois anos. Mas como o ciclo climático começou a mudar as condições também mudaram. O aumento de gelo no inverno tornou difícil caminharmos sem cair. Depois as primaveras se tornaram mais enlameadas, tornando nossos pés pesados com o barro. Nossa rotina estava mudando com estas condições.
Decidimos então comprar uma esteira ergométrica chamada FasTrak II. Descobri que podia colocar meus tampões de ouvido, me desligar do mundo, programar o ritmo do meu passo, e então começar a conversar com o Senhor. Geralmente subia e dizia: “Bom dia Senhor, é bom estar de volta.” Minha mente não estava preocupada em contar minutos, mas em comungar com o Senhor – uma verdadeira benção. Juntamente com a caminhada, fazia flexões abdominais, flexões de braços, e polichinelos. As flexões abdominais ajudavam a fortalecer o músculo lombar. O polichinelo provia boa circulação para o sistema linfático, que necessita de movimentos vigorosos por não ter um pulso de circulação como o sangue tem.
Costumam dizer que “andar” sempre que possível, é o melhor remédio para corpos enfermos, pois neste exercício todos os órgãos do corpo são usados…Não há exercício que possa substituir o andar” (Conselho Sobre Saúde, p. 200). Isto não que dizer que a caminhada é o único exercício, ou que o exercício deve apenas se limitar à caminhada. A caminhada é particularmente boa porque “todos os órgãos do corpo são postos em uso.” É também um tipo de exercício físico completo, barato, sempre disponível, onde quer que estejamos.
Nossa família inteira está comprometida a melhorar a saúde como uma parte da cooperação com Deus para sermos tudo o que podemos ser para Ele. Nosso programa de saúde e bem-estar é uma parte importante de experimentar a vitalidade que Deus deseja que Seu povo tenha. Assim como a experiência cristã, continuamos a aprender o que funciona melhor para cada um de nós quanto ao que comemos, o quanto comemos, o quanto nos exercitarmos, que exercício específico praticamos, e assim por diante. Neste momento estamos usando uma esteira para o nosso exercício cardiovascular vigoroso, e depois exercícios específicos focalizados para trazer equilíbrio a todos os grupos básicos de músculos.
Eu me sinto ótimo! Esta é a razão porque estou escrevendo este artigo hoje. Sei os benefícios que ganhei e como têm afetado meu corpo, minha mente, e meu espírito. Porque isto se tornou uma parte prática da minha caminhada com Cristo, quero que você também experimente esta benção!
Muitas vezes Alane e meus filhos me ouviram descrever como me sinto após me exercitar com declarações do tipo: “Me sinto como um milhão de dólares”, “Tenho mais força agora do aos vinte anos de idade” ou “me sinto super revigorado!” Essas são expressões de vitalidade, e surgem da benção de cooperar com o Senhor de maneiras simples.
Então, deixa-me compartilhar algumas coisas simples, porém eficazes que descobri para melhorar a vitalidade. Agora, não estou pretendendo dizer que, só porque funcionam para mim, automaticamente funcionarão do mesmo jeito para você, ou que o que faço é o programa para você. Estou simplesmente compartilhando minhas experiências pessoais.
                A água é uma benção maravilhosa de Deus, especialmente quando vem de uma fonte pura da montanha. Eu bebo um litro de água quando levanto pela manhã. Descobri que isso hidrata o corpo e limpa as impurezas. Ela também parece fazer minha mente trabalhar de maneira mais clara. Ninguém mais em minha família bebe esse tanto, mas cada um deles bebe pelo menos dois copos antes da primeira refeição do dia.
                A água é excelente por dentro e por fora. Tem sido meu costume por muitos anos terminar meu banho com uma ducha completamente fria. Esta é uma experiência verdadeiramente revigorante – pelo menos aqui onde vivo! Há muitos anos me convenci de que essa prática fortalece o arsenal do meu sistema imunológico. Um dos meus amigos que é médico me disse que pesquisas têm provado que o contraste da ducha fria depois da quente aumenta grandemente a força dos glóbulos brancos que lutam contra muitos inimigos invasores do corpo. Demorou alguns anos para influenciar (exemplo e bons resultados são bons motivadores), mas agora toda a minha família também termina o banho com uma ducha fria. Sim, até mesmo minha querida esposa.
                Algumas mudanças simples, porém benéficas na alimentação também somam para a nossa vitalidade. Descobrimos que comer a refeição principal e mais pesada na manhã nos ajuda de muitas maneiras. Com respeito ao metabolismo, quero disser, em termos de fragmentação e utilização do que comemos – digerimos a refeição pesada melhor e a utilizamos mais eficientemente. O corpo está muito mais pronto e apto para lidar com a comida no início do dia. Se a mesma refeição for comida às 5:00 ou 6:00 horas da tarde, quando a utilização do alimento é reduzida, adivinhe o que acontece? O corpo armazena as calorias mais eficientemente como gordura, e a digestão como um todo é mais lenta. Então as mesmas calorias comida na manhã são queimadas muito melhor do que à noite. Realmente faz sentido quando paramos para pensar.
Outro fator a consideramos, para pessoas como eu que produzem o mau colesterol com mais facilidade, só a mudança da refeição mais pesada de vegetais da noite para a manhã reduz o índice de mau colesterol. Isto não significa que não fazemos outra coisa, mas só esta mudança já traz mudanças positivas, contanto que estejamos digerindo alimentos apropriados.
Comer frutas e vegetais crus primeiro, antes de comer outros alimentos na refeição, também tem sido provado ser uma benção na digestão. Evitamos misturar tudo junto ou comer as saladas e vegetais por último. Comemos muito mais alimentos crus deste modo, o que significa um consumo maior de alimentos integrais nutritivos e menos calorias de um modo geral.
É importante também decidir que alimentos funcionam bem para você e quais não assentam tão bem – que combinações você pessoalmente precisa evitar, e o que constitui boa nutrição e equilíbrio para você. Você já determinou que alimentos combinam com o seu organismo? Isto requer disposição para estar sensível ao Senhor e ser honesto consigo mesmo e ao mesmo tempo não se tornar um critério para os outros. Se cebolas ou castanhas não fazem bem para mim à tarde, não obrigo outros a se sujeitarem. Não faça de sua experiência pessoal ou preferências um critério para os outros, e assim os force a se conformarem. Isso em si mesmo causa grandes problemas digestivos!
Existe sabedoria e benção, tanto espiritual como fisicamente, em usar com moderação aquilo que é bom e em abster-se totalmente do que é nocivo. Ler o rótulo de ingredientes pode parecer demais para alguns, mas temos descoberto bênçãos ao obedecer quando o Espírito pede que nos abstenhamos daquilo que é prejudicial. Isto nos ajuda também a focalizar mais nos alimentos simples e saudáveis.
Passar tempo ao ar livre diariamente, e ao sol sempre que possível, ajuda a circulação e renova o oxigênio no cérebro. Pensamos de modo mais claro e nos sentimos muito melhor quando ficamos ao ar livre. Isto é especialmente importante para aqueles que lutam com pensamentos negativos ou depressão.
Dormir cedo num horário regular todas as noites torna muito mais fácil levantar cedo e começar o dia com Deus. Muitas vezes, quando pessoas deitam tarde, levantam tarde, ou com tempo suficiente apenas para começar o dia, ignorando o momento de comunhão e conexão com Deus, que tanto almeja nos guiar durante o dia. O descanso adequado é extremamente importante para a nossa vitalidade. É o período quando os órgãos descansam de seu uso regular, e podem se restaurar e se reconstruir caso seja necessário.
Devido à nossas muitas viagens e ao fato de que entramos em contato com várias doenças e vírus, temos aprendido outras maneiras para fortalecer o sistema imunológico. Três dias antes de sairmos e três dias após voltarmos de uma campal da família tomamos suco de cenoura.  Tomamos também vitamina C de alta qualidade extraída de alimentos e uma fórmula de alho concentrado chamada Garlinase 4000 em forma de tablete, juntamente com outras fórmulas personalizadas simples, porém efetivas.
Gostaria de compartilhar com você a última área que tem melhorado grandemente a minha vitalidade – o modo como estou aprendendo a lidar com estresse. “Estresse” é exatamente o que a palavra significa. Pode ser uma pessoa, uma circunstância, ou até mesmo uma expectativa que coloca pressão sobre nós, ou pelo menos é sentida como pressão. Apesar de podermos reduzir grandemente o estresse, enquanto vivermos neste mundo nos encontraremos em situações que colocam pressão ou estresse sobre nós. O modo como nos relacionamos com o estresse e o fato da nossa dependência estar em Cristo é que determinará se “ficaremos estressados” ou “se eliminaremos o estresse”.
Aprendi que quando estou me sentindo estressado, é porque normalmente estou tentando satisfazer as expectativas dos outros sem consultar o Senhor, ou estou tentado administrar as coisas ao meu modo, por minhas próprias forças, longe do Senhor – não necessariamente porque tenha escolhido contra o Senhor, mas por causa da inclinação natural que temos de voltar para a auto-administração. Por outro lado, quando enfrento o mesmo estresse enquanto estou ciente da presença do Senhor, consultando-O, confiando e descansando nEle, Ele toma a pressão que normalmente internalizaria, e o estresse da situação é transferido para Ele. Somente quando estou completamente rendido a Cristo experimento a “paz”, como o apostolo Paulo diz: “que excede todo o entendimento” (Filipenses 4:7).
Compartilhei um pouco do que tem acrescentado para a vitalidade da minha experiência. Honestamente nunca me senti melhor. De fato, nestes últimos seis anos não experimentei os típicos resfriados, gripes e dores de garganta que geralmente tinha. Tive um único resfriado com febre que durou cerca de cinco dias e uma congestão peitoral com alguns sintomas fracos. Não estou dizendo isso para me exaltar (poderia ficar doente amanhã). Quero apenas encorajar você que existem benefícios reais em cooperar com o Senhor no exercício equilibrado e na saúde em geral, especialmente porque a maioria dos cristãos negligencia o exercício vigoroso mais que qualquer outra área das leis de saúde de Deus.
Amigo, você quer ter mais vitalidade? Quer se sentir melhor do que se sente agora?  Quer uma saúde mais vibrante para seu corpo, sua mente, e alma? O desafio aqui não é ranger os dentes e determinar-se a implementar um programa. Em vez disso pergunte: “Senhor, que queres que eu faça?” Esta área da vida requer a mesma entrega e recebimento de poder divino como qualquer outra área. Sem Cristo, sucesso e vitalidade verdadeiros jamais serão encontrados.
Desafio cada um de vocês a experimentar um programa de exercício revigorante por apenas uma semana. Levante meia hora mais cedo e faça uma caminhada rápida, corra, ou ande de bicicleta. Você escolhe o exercício, mas faça algo energético! Faça isto por sete dias e sentirá mais vitalidade! Depois, personalize, ajuste, e permaneça fiel a ele como parte do plano de Deus para a sua saúde e felicidade.
Todos aqui no Restoration International fizeram o compromisso de desenvolver corpo, mente e alma. Estamos todos ativamente envolvidos em programas personalizados de saúde e bem-estar como uma parte da nossa cooperação com o desejo de Deus para nós de “prosperidade e saúde, assim como é próspera a tua alma.”
Oro para que você, também, tenha sido motivado e estimulado a atender o mesmo desejo dEle para a sua vida. Que Deus abençoe cada um de nós ao nos apoderamos de Sua força para atingirmos novos níveis de vitalidade!
Traduzido por Rute Bazan. Usado com permissão do projeto Restoration International, Inc, (www.restoration-international.org).
Vitalidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *