Utilizando Histórias Simples para Ensinar Lições Importantes

Uma das maneiras que nosso Salvador ensinava era através de histórias:

O Ensino por parábolas era popular e atraía o respeito e a atenção, não só dos judeus mas também de outras nações. Ele não poderia haver usado método de ensino mais eficaz.” Parábolas de Jesus, p. 4.

Quem não gosta de ouvir uma boa história, não é verdade?

Alguns anos atrás começamos aqui em casa um momento de história em família. Líamos juntos algumas páginas de um livro bem interessante de histórias de missionários ou de pioneiros da nossa igreja. Como meu esposo também ama ouvir histórias (e os meninos achavam mais legal com toda a família reunida) deixávamos esse tempo ser bem antes da hora de dormir ou algumas vezes logo após o almoço, pois era o momento que o papai estava presente. Era até um incentivo para as crianças, pois eu avisava que se eles estivessem prontos a uma hora determinada poderíamos ter esse momento, mas se ficasse muito tarde não daria.

Quando eu dizia que tinham que estar prontinhos de banho tomado, dente escovado e de pijamas só faltando ir para a cama, sempre funcionava. Então, fazíamos o culto e íamos para o momento da história. Em determinadas ocasiões eles desenhavam e pintavam enquanto ouviam as histórias. Outras vezes, já maiores, gostavam de ficar “esculpindo” alguma pauzinho com um canivete (eu até ganhei uma colher de pau, uma vez). As vezes não queriam fazer nada, só ouvir e outras vezes, eles mesmos queriam ler pra nós os pais. Como aprendemos com as histórias.

Vamos abordar qual o parâmetro que devemos utilizar na escolha de histórias para nossos filhos e abordaremos também as seguintes categorias de histórias:

1. Histórias bíblicas

2. Histórias dos reformadores

3. Histórias dos pioneiros da nossa igreja

4. Histórias de missionários do passado e atuais

5. Histórias gerais que contribuam para o construção do caráter

O objetivo desse assunto é inspirar nossos filhos a amar e servir ao Senhor por toda a vida utilizando ilustrações da vida de grandes homens e mulheres que temiam ao Senhor.

Qual seria o parâmetro para escolhermos uma história?

Para nós aqui em casa Filipenses 4:8 é o nosso filtro:

Tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude, e se algum louvor, nisso pensai.”

Para mim, esse verso já é o suficiente, mas nosso Deus maravilhosos e amoroso ainda nos deixou informações mais mastigadinhas para não acontecer de cairmos nas armadilhas do inimigo.

Sabemos também que o melhor meio de impedir o crescimento do mal é ocupar previamente o terreno.(Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, p. 136)

O Livro Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes tem um capítulo muito útil chamado: “Que lerão nossos filhos?” Há também várias partes do livro Educação vem ao nosso auxilio nesse assunto.

O QUE LER:

1. A Bíblia – Sempre pedindo o auxilio do Espírito Santo para o entendimento

Por que ler: Porque é o Livro dos livros. Porque o estudo diário das Escrituras tem influência santificadora, enobrecedora sobre o espírito. A mente e coração adquirirão nova força, nova vida. Porque o estudo da Bíblia exige o nosso mais diligente esforço e constante pensamento. É uma guarda segura contra a degeneração. A mente se expande e fortalece. (Eu poderia escrever um livro só falando dos benefícios de se estudar a Bíblia, mas vou parar por aqui…)

1.a Biografias Bíblicas

Porque ler: Porque nenhuma parte da Bíblia é de maior valor para fins educativos do que as suas biografias. Estas diferem de todas as outras, visto serem absolutamente fiéis.

1.b História da Humanidade e Profecia

Por que ler: Porque a Bíblia é o relato de história mais antigo e mais compreensivo que o homem possui.

1.c Histórias da Natureza

Por que Ler: Porque para a criancinha, ainda incapaz de aprender pela página impressa, ou tomar parte nos trabalhos de uma sala de aulas, a Natureza apresenta uma fonte infalível de instrução e deleite… E para os mais velhos, que necessitam continuamente desta silenciosa lembrança das coisas espirituais e eternas, as lições tiradas da Natureza serão uma fonte de prazer e instrução. O invisível acha-se ilustrado pelo visível. (Educação, p. 100)

1.d Histórias das Parábolas

Por que ler: Porque no ensino por parábolas, é manifesto o mesmo princípio da missão de Cristo ao mundo.

1.e Poesias

Por que ler: Porque as mais antigas bem como as mais sublimes expressões poéticas que se conhecem, encontram-se nas Escrituras. Antes que os primeiros poetas do mundo houvessem cantado, o pastor de Midiã já as registrou. Apresentam o caráter de Deus através da beleza das palavras.

1. f Hinos

Por que ler/cantar: Porque a história dos cânticos da Bíblia está repleta de sugestões quanto aos usos e benefícios da música e do canto.

“Porque grandes têm sido as bênçãos recebidas pelos homens em resposta aos cânticos de louvor. Porque pelos cânticos da Bíblia podemos entreter comunhão com o céu.

“Porque poucos meios há mais eficazes para fixar Suas palavras na memória do que repeti-las em cânticos. E tal cântico tem maravilhoso poder. Tem poder para subjugar as naturezas rudes e incultas; poder para suscitar pensamentos e despertar simpatia, para promover a harmonia de ação e banir a tristeza e os maus pressentimentos, os quais destroem o ânimo e debilitam o esforço.

“Porque é um dos meios mais eficazes para impressionar o coração com as verdades espirituais. Quantas vezes, ao coração oprimido duramente e pronto a desesperar, vêm à memória algumas das palavras de Deus – as de um estribilho, há muito esquecido, de um hino da infância – e as tentações perdem o seu poder, a vida assume nova significação e novo propósito, e o ânimo e a alegria se comunicam a outras pessoas!” (Educação, p. 168).

2. Histórias Sensíveis/Sensatas que apontarão o interesse para a Bíblia

Por que ler: Porque levará a mente a ter interesse na narração, história e argumentação da Bíblia.

3. Histórias que lançem luz sobre a Bíblia

Por que ler: Porque fará aumentar o desejo de estudar a Bíblia.

4. Histórias da Lição da Escola Sabatina

Por que Ler: Porque proporciona a pais e filhos uma oportunidade para o estudo da Palavra de Deus e ensinam verdades espirituais. Dá a oportunidade de procurar amplo significado as passagens bíblica. Dá a oportunidade de armazenar as palavras da verdade através da memorização e tal hábito será valiosíssimo no crescimento espiritual. (Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, p. 137).

5. Literaturas sobre Saúde

Por que Ler: Porque contribuirá para o preparo na obra médico missionária. Ajudará a compreender a filosofia da saúde. Porque os que estudam e praticam os princípios do viver saudável, serão grandemente abençoados, física e espiritualmente. A compreensão da filosofia da saúde é uma salvaguarda contra muitos males que estão continuamente aumentando. (Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, p. 138).

6. Literaturas sobre Saúde

Por que ler: Porque eles tem testemunhado do poder da Palavra de Deus contra o poder e astúcia humanos em apoio do mal. Tais constituem a verdadeira nobreza do mundo. Tais são a sua linhagem real. Nesta linhagem a juventude de hoje é chamada a tomar lugar. (Educação, p. 255 )

Exemplos citados por EGW: Os valdenses e os huguenotes, Wycliffe e Huss, Jerônimo e Lutero, Tyndale e Knox, Zinzendorf e Wesley (Educação, p. 254), Zwinglio, Cranmer, Latimer e Knox (Atos dos Apóstolos, p. 333), José Wolff (O Grande Conflito, p. 160)

7. História dos Pioneiros da Nossa Igreja

Por que ler: Porque ao recapitular a nossa história passada, havendo revisado cada passo de nosso progresso até ao nosso nível atual, podemos dizer: Louvado seja Deus! Ao ver o que o Senhor tem executado, encho-nos de admiração e de confiança na liderança de Cristo. Nada temos que recear quanto ao futuro, a menos que esqueçamos a maneira em que o Senhor nos tem guiado, e os ensinos que nos ministrou no passado.

8. História dos Missionários

Por que ler: Para despertar nas crianças e nos jovens simpatia e espírito de sacrifício pelos milhões que sofrem nas regiões distantes e familiarizem-se com seus países e povos. (Educação, p. 269)

Sugestões dadas por Ellen White: Moffat e Livingstone, Carey, e histórias atuais de esforço missionário. (Educação, p. 269)

Nossos jovens devem ler aquilo que exerça no espírito um efeito saudável, santificador. Isto necessitam eles, a fim de serem capazes de discernir o que seja a verdadeira religião.” (Fundamentos da Educação Cristã, p. 547).

O QUE NÃO LER:

O Livro “Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes” nos alerta do perigo em determinados tipos de leitura. A partir da página 132 encontramos um guia que além de apresentar o que não ler apresenta também o porque não se deve ler. Como nosso Pai nos ama em nos dar tanto esclarecimento. Vamos estudá-los!

1. Periódicos e jornais que contém histórias em série, as quais não deixam impressão para o bem na mente das crianças e jovens.

Por que não devo ler isso? Porque cultiva o gosto pela ficção

2. Histórias Fictícias.

Por que não devo ler isso? Porque tira a verdadeira piedade e religião prática. Fazem não refletir a luz sobre outros.

3. Revistas e jornais que contenham histórias de “amor” e excitantes contos frívolos.

Por que não devo ler isso? Porque é uma maldição para qualquer um que leia, mesmo que o autor aponte para uma boa lição de moral. Torna a pessoa inapta para os deveres da vida prática. Faz a pessoa ficar vivendo em um mundo irreal. Ficam incapazes de conversar a não ser assuntos triviais. Pensamentos e conversas religiosos serão alheios ao seu espírito.

4. Tópicos sensacionalistas como por exemplo esquemas de como ganhar dinheiro.

Porque não devo ler isso? Porque há uma fascinação satânica em livros como esse.

5. Histórias de crimes e atrocidades.

Por que não devo ler isso? Porque tem um poder enfeitiçador sobre muitos fazendo com que os levem a pensar o que podem fazer para serem notados, mesmo sendo ações terríveis e más.

6. Temas sobre escritos históricos que apresentem crueldades ou práticas licenciosas.

Por que não devo ler isso? Porque age como fermento em muitas mentes, levando a execução de atos similares.

7. Histórias que apresentem práticas satânicas de seres humanos.

Por que não devo ler isso? Porque esses atos horríveis não devem ser vividos novamente. Quando o intelecto recebe essas informações os pensamentos se tornarão impuros e sensuais.

8. Histórias excitantes.

Por que não devo ler isso? Porque os que condescendem com o hábito de como que “devorar” uma história excitante, estão simplesmente invalidando sua força mental e inabilitando o espírito para o pensamento e investigações vigorosos. Alguns jovens, e mesmo pessoas de idade madura, têm sofrido de paralisia, proveniente de nenhuma outra causa que não o excesso na leitura. A força nervosa do cérebro foi conservada em constante excitação, até que esse maquinismo delicado se tornou exausto, recusando-se a agir. Algumas partes de seu delicado mecanismo deram de si, e como resultado houve a paralisia.

9. Histórias de autores infiéis.

Por que não devo ler isso? Porque essas histórias são inspiradas pelo inimigo da verdade, e ninguém as pode ler sem colocar sua alma em perigo. Se colocam no terreno de Satanás, e ele tira disto a maior vantage. Com um poder fascinante, sedutor, a incredulidade se apodera da mente.

“O mundo está inundado de livros que melhor seria queimar do que fazê-los circular” CP133

Palavras da irmã White alguns meses antes de morrer:

“Não espero viver muito. Minha obra está quase concluída. Dizei aos nossos jovens que eu quero que minhas palavras os animem naquela maneira de viver que mais atrativa será aos seres celestes, e que sua influência sobre os outros seja enobrecedora.

“Estive, durante as horas da noite, pondo de lado livros que não são de proveito para os moços. Devemos escolher-lhes livros que os estimulem à sinceridade de vida, e os levem a abrir a Palavra. Isto me foi apresentado em tempos passados, e pensei pôr isto diante de vós, e assentá-lo. Não nos podemos permitir oferecer à mocidade leitura destituída de valor. Necessitam-se livros que sejam uma bênção à mente e à alma. Estas coisas são consideradas com demasiada leviandade; portanto, nosso povo se deve familiarizar com o que estou dizendo.” (Fundamentos da Educação Cristã, p. 547, 548).

Eu sempre procurei ser bem seletiva e cautelosa na escolha das leituras para meus filhos, mesmo assim, ao refazer esse estudo aprendi coisas que sem perceber deixei passar. Se você perceber que já errou, não se desespere, se desculpe com seu filho(a) e explique que vamos a partir de agora escolher somente o que se encaixa nos parâmetros deixados pelo Senhor.

“Irmãos, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam e avançando para as coisas que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.” Filipenses 3:13, 14.

Angélica Gomide

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *