• Projeto Restaure

Como Atrair os Filhos


A maioria dos problemas entre irmãos e até entre marido e mulher acontecem devido ao egoísmo no coração humano. Só há um "remédio" para matar essa "doença": O amor de Jesus.

Imagine só que os discípulos que andaram três anos com Jesus, comendo com Ele, andando com Ele todo o tempo, na última refeição com Ele estavam com o coração cheio de ciúmes, inveja e egoísmo. Pense bem, na última refeição, a última oportunidade deles com Jesus antes de Sua ida para o céu.

Jesus agiu assim: Com serviço de amor. Todos receberam o serviço de Jesus. Sem palavras Jesus os ensinou a maior lição, através do serviço do lava pés, o trabalho de um servo. Quando Jesus terminou o lava pés o espírito do coração dos discípulos era outro. Até Judas foi tocado e teve sua oportunidade e seu coração chamado ao arrependimento. Portanto, sempre me sinto encorajada a servir aqui no meu lar quando leio isso. O Rei do Universo se fez Servo, eu a rainha do lar, posso me fazer serva também. Agora, vem a pergunta: Servir como?

Há muitas oportunidades: Vou destacar como Jesus serviu as crianças que se encontraram com Ele. (Livro O Desejado de Todas as Nações, p. 511, 512...) Veja bem, as crianças correram para Jesus. Não queriam ir lá fora brincar com amiguinhos. Queriam a companhia de Jesus, um adulto. Isso, porque Jesus era mais atrativo do que as outras crianças ou lugares. Que lindo, seguindo o exemplo de Cristo nós também poderemos ser mais atrativos para nossos filhos. Vamos ver o que tornava Jesus mais atrativo?

1. Jesus amava as crianças: Devo amar meus filhos. Pedir a Deus para colocar em meu coração o amor verdadeiro que só Ele pode me dar para que eu ame meus filhos da maneira correta.

2. Jesus SEMPRE tinha o semblante benevolente e maneiras suaves e bondosas: Devo SEMPRE ter o semblante benevolente e maneiras suaves e bondosas. Parece impossível não é mesmo? Mas se Jesus espera isso de nós é porque Ele pode fazer isso em nós. “Pedi e dar-se-vos á...”

3. Jesus dava às mães e às crianças o que elas vinham buscar: Vamos dar o que nossos filhos precisam e veem buscar: atenção, carinho, descanso, conforto.

4. Jesus via em cada criancinha: Herdeiros de Sua graça, súditos de Seu reino, mártires por amor a Ele. Vamos olhar para nossos filhos assim também! 5. Jesus descia ao nível das crianças - Já pensou o Rei do Universo dando atenção e descendo ao nível das crianças! Se Ele fez isso é porque isso é importante para ganharmos o coração dos nossos filhos. Vamos brincar com eles. Investir tempo neles. Eles são prioridade para nós.

Eu ouvi uma família contar que quando decidiram que iriam tirar tempo todas as tardes para brincarem juntos ou lerem um livro de história interessante (só em família, sem amigos), os filhos reclamaram. Acharam que não ia ser legal, sempre pediam para continuar indo na casa dos amigos, mas, com o tempo não queriam mais. Um dia, os pais falaram: Hoje, em vez de brincarmos em família, vamos visitar aqueles amigos... e as crianças disseram: Ah não! Veja o objetivo não é isolá-los da sociedade e companhia de amigos, mas esses encontros especialmente até uma certa idade devem ser ocasionais e não a regra. 6. Jesus ensinava de maneira simples sobre o Céu - As lições que nós mesmos aprendemos devemos transmitir a nossas crianças de maneira a serem compreendidas pelas tenras mentes infantis revelando-lhes pouco a pouco a beleza dos princípios do céu. Gosto de todos os dias repartir com meus filhos o que eu aprendi no meu devocional. Eles pegaram essa "mania" e veem também repartir comigo o que aprenderam (não todo o dia, mas sempre acontece). 7. Jesus nunca empregou uma expressão desagradável ou descortês - Nunca devemos empregar uma expressão desagradável ou descortês. A graça de Cristo no coração suavizará toda a aspereza.

A página 515 do livro O Desejado de Todas as Nações nos traz outros passos que devemos seguir:

  • Tratar os filhos como queremos ser tratados

  • Dar aos filhos pequeninas atenções frequentemente repetidas

  • Dar aos filhos toques suaves de serviço amorável

  • Quando manifestarem egoísmo abrandar com a luz do divino amor.

Nosso lar pode ser para nós e nossos filhos o lugar mais agradável e nossa companhia pode ser para eles a mais desejável. Se Deus é por nós, quem será contra nós?

Angelica Gomide

109 visualizações0 comentário