“Amarás, pois, ao Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força.”

Este é o segredo de uma vida feliz, amar a Deus acima de todas as coisas. Ele precisa ser o primeiro, o último e o mais importante em tudo em minha vida. Em todos os meus planos preciso depender dEle, exaltar a Ele e cumprir o seus propósitos em minha vida.

Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração;

“Amar a Deus de todo coração” é algo que precisa estar em meu coração (como mãe) antes que eu possa ensiná-lo aos meus filhos. Preciso amar a Deus acima de tudo para que isto seja visto por meus filhos, não apenas falado por minha boca.

Tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás…

E uma vez que “amar a Deus” for o princípio que rege a minha vida, então as minhas ações marcarão a vida dos meus filhos, e todos os dias, nas coisas simples da nossa rotina, eles verão o amor de Deus em mim, e eu estarei ajudando a gravar essa mensagem em seus corações.

assentado em tua casa,

Devo falar de Deus em todas as atividades diárias da minha vida familiar. Preciso voltar os pensamentos dos meus filhos a Deus: ao comer, ao trabalhar, ao brincar, ao estudar…

e andando pelo caminho,

Devo falar quando saio de carro, para fazer compra, para um passeio… Devo sempre exaltar a Deus e mostrar Deus em Suas providências na vida de nossa família em todas as circunstâncias.

e ao deitar-te, e ao levantar-te.

Deus deve ser o primeiro pensamento em minha mente e na mente de meus filhos, pela manhã na devoção pessoal e nos cultos matutinos e à noite antes de deitarem no culto vespertino ou à beira da cama.

Também as atarás como sinal na tua mão,

Todas as minhas ações devem refletir o amor de Deus e isto deve ser mostrado de maneira prática no dia a dia: falando a eles com bondade, sendo paciente, sendo honesta e verdadeira, procurando os interesses deles, sendo justa em tudo que fizer. (1 Cor 13).

e te serão por frontal entre os olhos.

Assim como os antigos amarravam uma pequena caixa (frontal) contendo textos sagrados, para que ficassem gravados em sua mente. Eu preciso ter a palavra de Deus gravada em minha mente, para que possa falar dela aos meus filhos e vivenciá-la todos os dias de minha vida.

E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas.

Na antiguidade as pessoas também escreviam textos importantes nos umbrais da casa. Isto não quer dizer que preciso literalmente fazer o mesmo hoje, mas o amor a Deus precisa ser tão real em minha vida de modo que seja notado por todos que passam pela minha casa. Talvez em uma decoração que reflita a Deus ou na organização do meu lar. Quando as pessoas passarem na frente da minha casa, ou vierem me visitar, precisam ver o amor de Deus estampado nas atividades que fazemos e no amor que é refletido entre os membros de nossa família.

Deuteronômio 6:5-8


Que esta seja a nossa oração todos os dias!

Foto: www.freedigitalphotos.net

O Mandamento dos Pais

Uma ideia sobre “O Mandamento dos Pais

  • 1 de setembro de 2012 em 18:34
    Permalink

    Amando a Deus sobre todas as coisas vamos eliminado de nossas vidas tudo o q é empecilho e simplificando as coisas no nosso dia a dia.Atitude q nos liberta e nos capacita p/ outras experiências em Cristo.É nela q podemos tbém ver a necessidade do nosso próximo.Seja os q estão mais perto de nós(família) e aqueles q estão em nosso caminho apenas de passagem.Quantas coisas podemos refletir a partir desse texto,Rute!Seja sempre uma benção nas mãos de Deus.

    Resposta
  • 28 de agosto de 2012 em 17:05
    Permalink

    Que lindo Rute!

    Vou levar os conselhos para meu (ainda distante!) futuro como mãe! 🙂

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *