O Elemento Mais Importante para o Êxito

Que fator a ciência e o Espírito de Profecia unanimemente reconhecem como sendo mais importante que o gênio ou os talentos para se ter êxito e sucesso na vida?
Observando na escola a disparidade entre sucesso e inteligência e talento, uma professora resolveu aprofundar seus estudos na área de pesquisa e descobriu que o elemento mais importante para o sucesso de crianças e adultos é grit (no inglês). Muitos outros estudos também confirmam esta descoberta.
A tradução do dicionário para grit é:
1. Substantivo – saibro, areia (grossa), grãos/partículas (de pedra); determinação, sofrimento, coragem.
2. Verbo – ranger os dentes.
Ao ler isso, pensei no fato que se usa jatos de areia para polir e limpar metais enferrujados ou sujos. Pensei também na pedra no sapato. Essas coisas são abrasivas, doem, mas se nós rangermos os dentes diante da dor e continuarmos, isso é grit.
Nos escritos de Ellen White outro termo é usado: aplicação.
“A cada jovem se deve ensinar a necessidade e o poder da aplicação. Disto, muito mais do que do gênio ou talento, depende o êxito. Sem aplicação, os mais brilhantes talentos pouco valem, enquanto pessoas de habilidades naturais muito comuns têm realizado maravilhas, mediante esforço bem orientado. E o gênio, por cujas concepções nos maravilhamos, está quase invariavelmente unido ao esforço incansável, concentrado.” (Educação p. 232)
Talentos são aptidões, habilidades que podem ser físicas, mentais, sociais e emocionais, mas a aplicação ou grit é a qualidade de caráter que potencializa os talentos… e deve ser ensinada! Observe as palavras que ela usa para descrever aplicação: esforço bem orientado, esforço incansável, concentrado.
Quando as crianças acham que o sucesso numa tarefa ou na escola é resultado de talento, elas tendem a evitar tarefas mais difíceis onde possam ter um resultado mais baixo que indicaria falta de capacidade. Mas aqueles que entendem que boa nota ou sucesso é resultado de esforço, são muito mais prontos a perseverar e lidar com fracassos, pois sabem que o fato de tentar os ajuda a aprender. Assim, seja qual forem os talentos que observarmos em nossas crianças, é importante que as ensinemos a se esforçar, e a perseverar. Mas não é qualquer esforço, é o esforço orientado.
Você já viu pessoas que trabalham muito e produzem pouco? Às vezes não planejam, ou perdem de vista o objetivo e começam outra coisa, ou fazem o trabalho sem observar como pode ser melhorado. Pensar no que se faz com objetivo de fazer melhor, é uma maneira de pensar que pode ser desenvolvida e aplicada em tudo na vida – esforço orientado.
Hoje somos inundados com eletrônicos que nos distraem e nos desconcentram. Estudos mostram que quando somos interrompidos ou checamos nosso WhatsApp ou a internet, demora 28 minutos para nosso cérebro recobrar o nível de concentração. Ou seja, vivemos constantemente usando um nível inferior de concentração na tarefa que está à nossa mão.
Esforço concentrado é representado na Bíblia através desse verso: “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças”… Ec 9:10. Quanto ao esforço incansável lemos as seguintes palavras de Jesus: “Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.” Mt 24:13
É claro que temos que levar em consideração a idade da criança e o nível em que está. Podemos ir ensinando aos poucos, com paciência e perseverança, por palavra e exemplo.
Que Deus nos ajude a desenvolver nas crianças e em nós mesmos esta característica tão importante para ter êxito na vida aqui e eterna!

Silvia Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *