Miguel Pinheiro Costa 
Na jornada de hoje vamos empregar o Santuário com os seus diferentes compartimentos e utensílios como inspiração para a nossa comunhão com Deus.
Que lições podemos tirar do Pátio ou Átrio, do lugar Santo e do Santíssimo para nossa comunhão? Como esses compartimentos podem nos ensinar hoje o que fazer para ir à presença de Deus? O que fazer na presença dEle e como viver na presença do Salvador a cada passo da nossa caminhada rumo ao lar?
l – No Pátio
Volte agora sua mente para o Pátio (átrio) do Santuário. Veja o altar de holocausto e a pia. Ali o pecador se apresentava com o cordeiro e, com profundo senso de arrependimento, colocava as mãos sobre a cabeça do inocente, confessava os pecados e recebia o perdão. Simbolicamente, o inocente se tornava culpado e logo morria por uma culpa que não era sua. Coloque-se no lugar desse pecador, que em humilhação e arrependimento, busca o perdão divino.
Veja o cordeiro sendo levado para o altar. Acompanhe seus passos, o sangue sendo derramado, e como tremem suas pernas antes de seus últimos instantes de vida. Agora contemple o sacerdote ministrando com aquele sangue inocente em seu favor.
Tudo isso era uma ilustração do que ocorreria um dia, quando o verdadeiro Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo, seria oferecido por você. Assim como o pecador lá do Antigo Testamento se apresentava arrependido e confessava os seus pecados diante do cordeiro, você agora é convidado a fazer o mesmo na presença do Cordeiro de Deus.
Existe alguma área de sua vida que está fora do controle do Espírito Santo? Algum pecado acariciado que por anos tem tirado a sua paz? Alguma coisa que o tem impedido de ir à presença de Deus nas primeiras horas de cada manhã? Em contrição e arrependimento, confesse agora, em oração, ao Cordeiro de Deus.Tudo que você pedir em nome dEle, lhe será dado. Eleja pagou o preço que você não podia pagar, e poderá fazer “infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos” (Ef 3:20).
Medite agora nas palavras do profeta messiânico:
“Quem creu em nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor? Porque foi subindo como renovo perante Ele e como raiz de uma terra seca; não tinha aparência nem formosura; olhamo-lo, mas nenhuma beleza havia que nos agradasse. Era desprezado e o mais rejeitado entre os homens; homem de dores e que sabe o que é padecer; e, como um de quem os homens escondem o rosto, era desprezado, e dEle não fizemos caso.Certamente, Ele tomou sobre Si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre Si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas Ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele, e pelas Suas pisaduras fomos sarados.Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o Senhor fez cair sobre Ele a iniquidade de nós todos. Ele foi oprimido e humilhado, mas não abriu a boca; como cordeiro foi levado ao matadouro; e, como ovelha muda perante os seus tosquiadores, Ele não abriu a boca (Is 53:1-7).
Agradecido e na presença do Cordeiro, cante, e ofereça a Ele um sacrifício de louvor, de gratidão e adoração. Cante os seus hinos preferidos sobre o Cordeiro, pois Ele é digno de receber louvor e adoração. Em oração, agradeça a Deus por perdoá-lo e peça a Ele que o acompanhe ao lugar Santo.
ll – No lugar Santo
No lugar Santo estavam o altar de incenso, o candelabro e a mesa com os pães da proposição.
Diante do altar de incenso: Imagine o altar de incenso como sendo o lugar que você tem dedicado para encontrar-se com Deus nas primeiras horas da manhã. Converse com o Pai, em oração; apresente sua vida a Ele; interceda; agradeça.
O altar de incenso representava as orações dos santos. Você que tanto anela ver Jesus voltar, e por isso está se preparando para recebê-Lo, escute o que Palavra divina lhe fala: “Veio outro anjo e ficou de pé junto ao altar, com um incensário de ouro, e foi-lhe dado muito incenso para oferecê-lo com as orações de todos os santos sobre o altar de ouro que se acha diante do trono; e da mão do anjo subiu à presença de Deus a fumaça do incenso, com as orações dos santos” (Ap 8:3,4).
As pessoas que aguardam a vinda de Jesus são pessoas de oração, que fazem de cada circunstância da vida um convite à prece.
Viva hoje em oração durante todo o dia, pois “não há tempo nem lugar impróprios para se erguer a Deus uma oração. Nada há que nos possa impedir de alçar o coração no espírito de oração sincera. Entre as turbas de transeuntes na rua, em meio de uma transação comercial, podemos elevar a Deus um pedido, rogando a direção divina”. – Caminho a Cristo, p. 99.
É no altar de incenso da oração que seremos revestidos de poder para viver na presença do Pai como mordomos fiéis. A todos é estendido o convite para levar a Deus os fardos através da oração.
O Senhor deseja que oremos, declarando que ouvirá as orações dos que confiam em Seu infinito poder. Ele será honrado por aqueles que a Ele se achegam, que fazem fielmente Seu serviço. “Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em Ti; porque ele confia em Ti” (Is 26:3).
“O braço da Onipotência está estendido para guiar-nos e conduzir-nos avante. Avançai, diz o Senhor; Eu compreendo o caso e vos mandarei auxílio. Continuai a orar.Tende fé em Mim. É pela glória de Meu nome que pedis, e haveis de receber. Serei honrado perante aqueles que estão observando em atitude crítica a ver vosso fracasso. Verão o triunfo glorioso da verdade. “Tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis” (Mt 21:22). Fé verdadeira, verdadeira oração – quão fortes são elas! – Nossa Mais Alta Vocação [Meditações Matinais, 1962], p. 125.
Diante do candelabro: Nele, a luz era permanente, o azeite posto no castiçal o mantinha sempre aceso, iluminava e era novamente abastecido. Os tubos recebiam o azeite e o conduzia para o bojo do candelabro e todo o santuário era iluminado. Louve a Deus porque, neste momento, o Espírito Santo está abastecendo-o com o azeite celestial e com esse combustível divino você vai brilhar por Jesus. É dito que o Espírito é transmitido aos instrumentos humanos que se consagram ao Seu serviço. Esses serão ungidos diariamente com o poder do alto, e sairão como testemunhas vivas e poderosas a iluminar o mundo. Estar na presença de Deus nas primeiras horas de cada manhã, para receber esse poder, deve ser a prioridade de cada pessoa. “Como as oliveiras esvaziam-se nos tubos de ouro, assim procuram os mensageiros celestes comunicar tudo o que recebem de Deus.Todo o tesouro celestial aguarda nosso pedido e recepção; e, ao receber a bênção, devemos transmiti-la a outros. É assim que as lâmpadas sagradas são abastecidas, e a igreja se torna portadora de luz no mundo.”- E Recebereis Poder [Meditações Matinais, 1999], p. 17.
A mesa dos pães da proposição: Nela estavam doze pães sagrados, e esses deviam ser trocados a cada sábado (Lv 24:8), e deviam ser comidos pelos sacerdotes. Essa mesa representa Jesus – o Pão Vivo que desceu do Céu. Alimentando-nos dEle, podemos ter vida em abundância, aqui e na eternidade.
Cada manhã, o Pai prepara uma mesa para você. Nela é servido o maná espiritual: as instruções e o conforto de Sua Palavra. Assim, você não deveria rejeitar tão amável convite para o banquete. Ouça as palavras de Jeremias: “Achadas as Tuas palavras, logo as comi; as Tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração, pois pelo Teu nome sou chamado, ó Senhor, Deus dos Exércitos” (Jr 15:16).
lll – Na presença de Deus
No lugar Santíssimo ficava a arca com as duas tábuas de pedra, o maná e a vara de Arão. Em sua tampa ficavam dois querubins. O Santíssimo representava a presença permanente de Deus no Santuário. Após a morte de Cristo, todos podemos ter acesso a esse compartimento. O véu foi rasgado e todos podem ir à presença do Pai:”Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna” (Hb 4:16).
Ao contemplar, pela fé, a face do Pai no lugar Santíssimo, somos atraídos por Seu amor e benignidade. Ele nos mostra o caminho e nos dá poder para enfrentar os percalços que podem aparecer:”Tu me farás ver os caminhos da vida; na Tua presença há plenitude de alegria, na Tua destra, delícias  perpetuamente” (SI 16:11).
Jesus prometeu ir conosco:”Eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século” (Mt 28:20).
Você chegou ao lugar mais alto que um ser humano pode chegar, que é na presença do Salvador. Permaneça nEle durante este dia e seja feliz.
Guarde em seu coração:
“Por intermédio das Escrituras o Espírito Santo fala à mente, e grava a verdade no coração. Assim expõe o erro, expelindo-o da alma. É pelo Espírito de verdade, operando pela Palavra de Deus, que Cristo submete a Si Seu povo escolhido.”- O Desejado de Todas as Nações, p. 67’1.
“A Palavra de Deus, estudada e obedecida, guiaria os filhos dos homens, como os israelitas foram guiados por uma coluna de fogo à noite e uma coluna de nuvem de dia.”- Testemunhos Seletos, v. 1, p. 510.
Meu compromisso:
Orar pela renovação do batismo com o Espírito Santo.
Orar por meus amigos.
Viver na presença de Cristo.
Testemunhar acerca do Evangelho.
Adorar a Deus com os dízimos e as ofertas, de forma sistemática e proporcional às rendas.

Tirado da 3a. Jornada Espiritual – 40 Dias de Intimidade com Deus. Se você gostaria de desenvolver o hábito da devoção pessoal todas as manhãs a Jornada de 40 Dias é um excelente material para lhe ajudar. Você pode fazer um download das apostilas clicando aqui.
Lições de Comunhão com Deus Através do Santuário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *