“O Senhor é cheio de compaixão e misericórdia” 
Tiago 5:11

Ele aguarda com incansável amor ouvir as confissões do extraviado, e aceitar-lhe o arrependimento.

Ele observa para ver qualquer resposta de gratidão de nossa parte, assim como uma mãe observa o sorriso de reconhecimento de seu amado filho. Ele deseja que levemos:

   Nossas provações a Sua compaixão,
   Nossas dores ao Seu amor,
   Nossas feridas à Sua cura,
   Nossa fraqueza à Sua força,
   Nosso vazio à Sua plenitude.

Jamais ficou decepcionado alguém que O procurou.

“Os que olham para Ele estão radiantes de alegria; seus rostos jamais mostrarão decepção” Sl 34:5.

A pessoa que se volve para Deus em busca de auxílio, 
de apoio, de poder, mediante diária e fervorosa oração, terá:

                                                             aspirações nobres,
                                                             percepções claras da verdade e do dever,
                                                             altos propósitos de ação,
                                                             e uma contínua fome e sede de justiça.

Mantendo comunhão com Deus, seremos habilitados a difundir para os outros, através de nosso convívio com eles, a luz, a paz e a serenidade que reinam em nosso coração.

A força obtida na oração a Deus, unida ao perseverante esforço, 
no exercitar a mente na reflexão e no cuidado,
prepara a pessoa para os deveres diários,
e mantém o espírito em paz em todas as circunstâncias.

O Maior Discurso de Cristo, p. 55, 56
Como Obter a Paz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *