“Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele. Come e bebe, te disse ele; porém o seu coração não está contigo.” Provérbios 23:7
“Nossas palavras indicam o estado do coração; e falem os homens muito ou pouco, suas palavras exprimem o caráter dos pensamentos que nutrem. O caráter de um homem pode ser bem acuradamente aquilatado pela natureza de sua conversa. As palavras sãs, fiéis, têm neles o devido som.” — The Youth’s Instructor, 13 de Junho de 1895.
O que é fantasia? Fantasia é definido como algo produzido na imaginação. Jesus nos indica claramente que é pecado fantasiar qualquer coisa que se torne pecaminoso em nossa vida real: “Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.”( Mateus 5:28)
Por exemplo as crianças não deveriam brincar de faz de conta que estão roubando, matando, etc. Mesmo quando brincam de casinha as crianças na brincadeira devem honrar e obedecer os pais que estão fazendo de conta ser pais. A mãe que está na brincadeira deve respeitar o pai e assim por diante.
Existem dois tipos de fantasia: Real e Sobrenatural
1- Real Construtiva – Uma criança brincando de ser motorista de caminhão, o pai brincando de ser o cavalo e deixando a criança subir nas suas costas
2- Real Destrutiva – Uma criança brincando de atirar na outra pessoa ou batendo em alguém.
3- Sobrenatural (fora do normal, não existe) – Uma criança brincando de voar como o super-homem…cada vez mais os brinquedos tem sido criados para se tornar comum o que não existe.
Existem quatro áreas de brinquedos perigosos ou não recomendados.
“A primeira obra dos que desejam reformar-se é purificar a imaginação. Se a mente é guiada em direção viciosa, tem de ser refreada, cultivando só assuntos puros e elevados. Quando tentados a ceder a uma imaginação corrupta, fugi para o trono da graça e orai pedindo forças do Céu. Na força de Deus a imaginação pode ser disciplinada, de modo a só se demorar em coisas puras e celestiais.” Medicina e Salvação, p. 93.
Brinquedos como um apoio: Os brinquedos podem ser uma ajuda para ensinar a criança. Melhor seria prover brinquedos construtivos como um pequeno rastelo para as crianças ajudarem a varrer as folhas, etc…as crianças amam criar coisas. O melhor brinquedo para um bebê são os utensílios da cozinha, ferramentas e implementos que sejam seguros.
Brinquedos Perigosos: “Esses são perigosos para sua vida espiritual”
1. Vaidade – Vaidade é um foco inapropriado e preocupação com a aparência externa. (Ler 1 Pedro 3:3-4)
Deus tem nos alertado para não concentrarmos tanto nossa atenção na aparência exterior mas nas qualidades em nosso íntimo de santidade.
“A filha do rei é toda ilustre lá dentro; o seu vestido é entretecido de ouro”. (Salmo 45:13)
Você consegue pensar em algum brinquedo que viola esse princípio? Nós queremos ensinar nossas crianças a se arrumar adequadamente e a serem limpinhas. Mas prover para as crianças brinquedos que tenham espelhos de brinquedo, kits de maquiagem…começa logo cedo a ensiná- los a se preocupar mais com a aparência exterior do que com a pureza interna.
Outro brinquedo que incentiva a vaidade são as bonecas fashion. Bebês bonecas ensinam e incentivam as meninas a se prepararem para a responsabilidade que provavelmente cumprirão no futuro. As bonecas fashion por outro lado incentivam as meninas a viverem solteiras com muito dinheiro para gastarem em roupas. Essas bonecas geralmente vem com várias escolhas de roupas diferentes para que as crianças desenvolvam o gosto pelo que está na moda e não é apropriado para os cristãos. Você pode notar na cintura bem fina causando uma impressão errada sobre a aparência exterior. A maioria das meninas não cresce parecidas com a ” Barbie” e esse tipo de fantasia conduz ao “romance que é o “segundo perigo”.
2. Romance: A maioria ficaria alarmada se visse claramente a forma como os padrões mudaram ao longo do último século em relação à experiência do romance. Gradualmente, nossa sociedade aceitou reservar cada vez menos na área de relações românticas e sexuais para o casamento. Por isso, existem jogos e brinquedos que ensinam fantasias infantis de namoro juvenil. A pornografia infantil é sutilmente usada em televisão, revistas e outras áreas, para despertar inapropriadamente os apetites sexuais. O que leva à violência.
3. Violência: É pecado ferir fisicamente alguém na vida real. Também é desagradável para Deus imaginar tal coisa em nossos corações. Apontar uma arma de brinquedo, ou uma faca a uma pessoa não é aceitável. Nenhum brinquedo violento ou armas podem ser justificados.
Lembra que falamos no último tópico que cada vez mais estão tentando fazer os brinquedos perigosos se parecerem inofensivos! Meu filho queria muito comprar uma arma de água, parecia algo tão inofensivo mas eu não apoio armas de nenhum tipo e expliquei pra ele que por mais que seja água ainda estaria segurando uma arma e apontando pra alguém que é um tipo de brincadeira destrutiva e não nos guia a ter pensamentos puros e agradáveis a Deus como Filipenses 4:8 nos ensina. Outra coisa que ele sempre queria eram aqueles soldadinhos pequenos verdinhos de farda, até cheguei a comprar para ele por uma época mas quando brincávamos eu falava da expressão facial dos soldados que não pareciam contentes e quão triste é uma guerra e como cada soldado segurava uma arma em mãos….por um tempo ele brincou mas depois perdeu o interesse e resolveu doar graças a Deus.
“Mas aquele que odeia a seu irmão está em trevas, e anda em trevas, e não sabe para onde deva ir; porque as trevas lhe cegaram os olhos.” ( 1 João 2:11)
O mal sempre procura um mal maior e isso leva ao oculto.
4. Oculto: “Muitos brinquedos incentivam crianças ao ocultismo. A maioria das pessoas pode dizer que as criança estão brincando, ao praticar habilidades de feitiçaria, como lançar feitiços, pronunciar maldições, encantos, chamar forças sobrenaturais, prever o futuro, lidar com a mente e assim por diante. Todos os ” Ursinhos Carinhosos, Smurfs, Homem Aranha ou qualquer outro desenho animado que a última moda pode até parecer inocente, porém vemos os resultados na sociedade em adultos e jovens que foram criados em vaidade, romance, violência e ocultismo.
Ao longo de muitos anos, como Satanás está assumindo o controle das mentes humanas, os fabricantes de brinquedos descobriram que as crianças são particularmente suscetíveis a brinquedos que estão conectados com os mais recentes programas de televisão. Esses principais fabricantes de brinquedos começaram a lançar novas linhas de brinquedos conectados com novas séries na televisão. Satanás é muito enganador usando propagandas de uma hora para vender artifícios ocultos chamados de brinquedos. As crianças são ensinadas a brincar com esses brinquedos. O problema maior vem quando eles começam a pensar e a agir como os personagens dos programas. As crianças assumem seus traços de personalidade e maneirismos e não percebem que são um indivíduo criado por Deus para ser exclusivamente diferente de todos os outros. (Para entender mais sobre esse assunto leia o capítulo 57 do livro Orientação da Criança, entitulado “O Exercício e a Saúde”).
Acredito que o melhor brinquedo e brincadeira ainda seja estar ao ar livre e brincar com os objetos da natureza que Deus nos proporciona gratuitamente.
“A pobreza, em muitos casos, é uma bênção, porque evita que os jovens e as crianças sejam arruinadas pela inatividade. Tanto as faculdades físicas como as mentais devem ser cultivadas e desenvolver-se devidamente. A primeira e constante preocupação dos pais deve ser a de cuidar de que os filhos tenham constituição forte, para que possam ser homens e mulheres saudáveis. Sem exercício físico, é impossível alcançar esse objetivo.” – Orientação da Criança, p. 220
Essa citação tem estado em minha mente desde que a li alguns anos atrás. Às vezes penso que até o carro pode estragar as crianças quando poderiam ir a pé de uma distância curta até outra e assim praticariam atividade física, mas com os costumes do mundo todos temos carro hoje em dia acabamos ficando um pouco sedentários. Já assistimos muitos documentários aonde as crianças têm que andar longas distâncias para ir a escola e são alegres e saudáveis.
E se seu filho já possui um desses brinquedos? Nós devemos aceitar a responsabilidade imposta por Deus de buscar a justiça como uma família mesmo se nossas decisões não forem populares. Substitua pôsteres do que não é realístico por figuras de animais de verdade. Substitua roupas de cama, toalhas, cortinas de caracteres da Disney (Mickey Mouse, princesas, carros da Disney) substitua por flores reais ou animais reais ou outra estampa colorida, utilize coisas reais.
Estude a Bíblia com seu filho e o ajude a entender que Deus se preocupa com os tipos de brinquedos e recreação. Que Deus nos ajude a fazer escolhas sábias quanto aos brinquedos que nossos filhos terão!

Luciana Riges

Como Escolher Brinquedos para os Filhos

2 ideias sobre “Como Escolher Brinquedos para os Filhos

  • 4 de Janeiro de 2018 às 13:42
    Permalink

    O que vc acha da turma do nosso amiguinho?

    Responder
    • 17 de Janeiro de 2018 às 07:06
      Permalink

      Olá Bianca, entendo que o Nosso Amiguinho não é uma revista religiosa. É uma revista direcionada ao público em geral (não cristão) que visa transmitir bons valores morais, por isso não podemos esperar que ela venha suprir as necessidades espirituais dos nossos filhos, com esse propósito em mente creio que ela pode atingir muitas pessoas. Agora, para as famílias que evitam a ficção, algumas de suas histórias talvez não sejam o ideal, por conterem personagens e conteúdos fictícios. Abraço, Rute.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *